Centro Acadêmico Pereira Barretto

Medicina – EPM/Unifesp

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 04/12 — 6 dez 2017

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 04/12

REPASSES

Reunião do Conselho Gestor:

  • Segundo o superintendente do HSP, a primeira parcela dos 13º salários dos funcionários foi paga. A situação do hospital deve ser melhor em 2018;
  • Há a possibilidade de prefeitura financiar o conserto da hemodinâmica do hospital, e remunerar esse serviço acima da tabela SUS;
  • Ainda é possível a transferência da gestão do CAISM para a SPDM, e sua utilização pelos alunos da Unifesp;
  • A transferência de funcionários para a UPA alivia a folha de pagamento do HSP em 1,5 milhão por mês. Através da UPA, a SPDM recebe maior aporte financeira para gerir o complexo do HSP;
  • REHUF: Está sendo discutido em uma câmara arbitral da AGU. Mas não há uma conclusão sobre o assunto.

ORDEM DO DIA

Discussão da possibilidade de utilização da FAP (Fundação de apoio a Unifesp) para receber os pagamentos de eventos e doações:

  • Verificar se é algo aplicável para oCAPB, pelo menos temporariamente;
  • Ponderou-se se não haveria perda de autonomia;
  • Encaminhamento: Coleta de informações sobre a parceria com a FAP – Aprovado por consenso. Vanessa ficou responsável por buscar mais informações;

Festinha de encerramento de ano do CAPB:

  • Vinho, refri, salgadinho liberados pelo CAPB (aprovado por consenso);
  • Ofício para deixar o DCE aberto: Rosângela.

Reunião da gestão:

  • Online, por Skype, segunda (11/12).

Semana de Recepção de calouros:

  • Mais pessoas para a reunião de sexta;
  • Programação mais ou menos parecida com a desse ano;
  • Existe a demanda de se colocar uma peça ou algo que provoque debate sobre racismo;
  • Festa de Recepção conjunta;
  • Elise ficou responsável por repensar o caso clínico;
  • Pensar em propostas para lidar com a questão da saúde mental já com os calouros;
  • Esquema de apadrinhamento:
    • preparar durante as férias;
    • repensar o esquema.

O Luís tentou arrumar o projetor. Provavelmente o projetor sofreu uma queda e por isso está quebrado

Retorno das ROs na primeira semana de aula de 2018

Anúncios
Ata Reunião Ordinária 30/11 — 30 nov 2017

Ata Reunião Ordinária 30/11

Apuração das eleições CAPB 2018: 39 votos “SIM” e 0 “NÃO” – eleita a chapa “Porque Cantamos”

INFORME (Elise): inscrições para bolsas BIG PRAE abertas.

REPASSES

  • Avaliação das metas/indicadores de HSP (Bellini): Não houve pontuação na meta relativa à taxa de cesáreas, também não se atingiu a pontuação total referente à mortalidade por revascularização miocárdica eletiva. Há chance de perder uma verba, que é atrelada ao cumprimento dessas metas, mas isso ainda não foi pontuado (na reunião). Está funcionando a UPA do subsolo/térreo do Ed. Jairo Ramos como um estabelecimento independente em relação ao HSP.
  • Reunião com a Rosana sobre o DCE (Bellini e Elise): Havia alunos da medicina, biomedicina, TS e pessoal da manutenção do campus (elétrica, etc). O moço da infraestrutura irá combinar com o Bellini para visitar o DCE e ver disponibilidade de instalar microondas, geladeira, realocar mesas, etc. Surgiu a ideia de fazer um mutirão dos alunos para pintar o DCE, com o campus pagando a tinta. Rosana vai marcar reunião para falar dos Workshops (nosso e da Atlética).
  • Reunião do PDINFRA/moradia (Maísa): Querem fazer parcerias público-privadas (ex: estacionamento privado em prédio). Sugeriram também pequenos prédios espalhados ao invés de um prédio grande para a moradia.

ORDEM DO DIA: acompanhamento da reforma curricular para turma 86

  • Bellini explica que futura turma experimentará um novo currículo que ninguém conhece a aplicação, precisamos ajudá-los na adaptação e na reivindicação de mudanças caso necessárias. Ainda mais porque o curso, por vias institucionais, não tem nada em mente a respeito disso ainda;
  • Lu enfatiza o papel do CA nisso, no sentido de fazer um trabalho de base com os estudantes;
  • Bárbara sugere questionários online periódicos;
  • Bellini sugere conversar com os professores também;
  • Elise sugere levar resultados de questionários e demandas para a CCM – ex: a questão das notas aparecerem por número de matrícula e não por nome foi mudada assim;
  • Foi levantada a questão da saúde mental dos estudantes e discutiu-se sobre o papel do CAPB e do NAE a respeito;
  • Encaminhamentos: procurar se inteirar da situação do NAE, refletir sobre ações diretas do CAPB nesse assunto e trazer ideias para o ano que vem. FUSM: Maísa ou Rosângela vão entrar e participar como CAPB.
ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 13/11 — 14 nov 2017

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 13/11

REPASSES

  • Reunião com CAOC 11/11 (Gabriel Zenardi): Gabriel reuniu-se sábado, junto ao Centro Acadêmico Anna Turan, com membros do CAOC para esclarecimentos sobre a situação do Hospital Universitário da USP e a greve dos estudantes de medicina. Foi esclarecido que o HU passa por processo de desfinanciamento e desmonte crônico, intensificados no mandato do reitor Zago, através de PIDVs (Planos de Incentivo à Demissão Voluntária), redução do número de contratados e diminuição do repasse financeiro para o hospital. Recentemente, houve anúncio do fechamento do PS da pediatria por ausência de recursos humanos, apesar deste ser um serviço considerado essencial para o ensino da graduação de medicina e para o atendimento da população. Tal evento, avaliado pelos estudantes da medicina como estopim da crise, motivou nova paralisação e a aprovação de greve estudantil, prevista para ter início hoje. A problemática da situação envolve ainda a mudança no caráter das contratações, antes realizada via USP e agora sendo mediada pela SPDM, indicando prejuízo ao ensino e, a longo prazo, piora no sucateamento e desvinculação do HU. Não há perspectivas de mudanças nesse contexto com a eleição de um novo reitor, visto que o candidato à frente na campanha eleitoral é o vice do reitor atual, com escolha pouco democrática e com peso quase total na indicação do governador Geraldo Alckmin. Foi construído pelos estudantes da USP um calendário de mobilização, estando neste um ato amanhã com saída no vão do MASP.

 

ORDEM DO DIA

  • Nota em apoio à Greve da FMUSP: Foi lida uma nota de produção coletiva, efetuadas alterações e abriu-se votação para sua publicação na data de hoje. Encaminhou-se a realização de um chamado na página do CAPB para composição do ato. Haverá concentração no DCE amanhã, 16h, e ida conjunta para o vão do MASP. Publicação da nota em apoio à greve pelo HU: APROVADA POR CONTRASTE
  • Situação do HSP: Não há perspectiva de melhoras no cenário do HSP. Ressaltada a necessidade de retomar a mobilização
  • Financiamento para COBREM 2018: Maísa se responsabilizou em reunir o nome dos interessados no financiamento até sexta-feira, junto a valores de cotação de transporte e inscrição para deliberação em reunião extraordinária nesta sexta-feira (17/11), 12h15.
  •  Período de inscrição de chapas para Eleição do CAPB: Foi pedido por Victor e Maísa a prorrogação por uma semana do término do período de inscrição das chapas para gestão 2018 do CAPB, cuja data estava programada para hoje. Foram levantados pontos como a importância de se manter a data originalmente decidida, o poder deliberativo da RO em relação à comissão eleitoral e o conflito de interesses entre membros atuais da gestão e que compõem também a chapa em construção. Foi decidido abrir para votação, sendo o resultado encaminhado como sugestão para a deliberação da comissão eleitoral (Lucas, Carol e Marina). Sugestão à Comissão Eleitoral de prorrogação do prazo: APROVADA POR CONTRASTE
  • Semana de recepção de Calouros 2018: Foram levantados novos pontos em análise das atividades do CAPB da semana de recepção 2017. Caso clínico teve defesa para ser mantido, com alterações em formato (dinamicidade), abordagem (solução apresentada, enfoque clínico), linguagem (acessível), horário (manhã). Foi sugerido enfoque em atendimento de populações vulneráveis. Em relação à peça, foram levantados diversos problemas, mas ressaltada a importância do processo de construção dessa atividade. Houve sugestão de manutenção de atividade teatral, mudando a peça a ser apresentada. Em referência à festa, foi ressaltada a importância da confraternização e sugerida a realização em dois dias, uma no DCE visando integração entre os cursos, e outra aproximando os calouros aos membros no espaço do CAPB. Outras sugestões: atividade em formato de oficinas e financiamento de coffee.
ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 06/11 — 6 nov 2017

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 06/11

REPASSES

  • I Encontro de Saúde Trans (Rosângela): evento ocorreu no último feriado na Unifesp, durou 4 dias. Trata-se de uma iniciativa boa, que contou com a participação de pessoas de todo o Brasil e muitos especialistas na área. Foi possível perceber, por exemplo, a precariedade de serviços no campo – a maior parte de funcionários em ambulatórios de saúde trans é voluntário e não contratado. No entanto, o evento foi pouco divulgado na própria Unifesp, além do preço (R$125,00) ser um desestimulante para os estudantes. Houve pontos polêmicos durante o Encontro: o desconhecimento e ignorância dentro da própria área da saúde (um palestrante usou o termo “transsexualismo”), o debate acerca da despatologização da transsexualidade e a peça de teatro (aberta ao público geral) que abordava a identidade trans e questões religiosas. Rosângela sugere trazermos o tema de Saúde Trans para o CAPB no futuro.
  • Reunião da Comissão da Biblioteca (Bellini): Maísa e Bellini estavam presentes. Não foi uma reunião muito produtiva, discutiram-se tópicos como a colocação de catracas na Biblioteca (que provavelmente não ocorrerá devido à falta e verba), a fim de mostrar que há poucos alunos após as 19h. Bellini ressaltou e relembrou que a Biblioteca oferece diversos cursos interessantes (ex: sobre Pubmed, Lattes…) ao longo do ano.

 

ORDEM DO DIA

  • Reunião da comissão do RU 16/11: Elise, que é representante na comissão, questiona sobre assuntos para levar à reunião. Falou-se sobre marmitas (de casa) não poderem entrar mais no RU, pedido de colocação de micro-ondas dentro do RU, o fato de haver presunto na salada e bacon na farofa (situação ruim para vegetarianos, que só têm direito a 1 mistura ao invés de 3) e a questão de haver pouca proteína nos pratos que deveriam tê-la (ex: um escondidinho com mais batata do que carne, sendo que o conjunto é erroneamente tido como nutricionalmente proteico).
  • Comissão do Curso Médico (CCM): Com a saída da turma 80, há vagas disponíveis para representação discente. Bellini explica que Aécio está pedindo indicação de novos representantes ainda esse mês, mas que vai conversar com ele sobre adiar essa indicação até abril/18 (quando a turma 86 terá chegado) e, até lá, indicar pessoas provisórias. Se esse adiamento for possível, precisamos divulgar a CCM (Vitor Gabriel sugere trazer como pauta de RO) e indicar as pessoas.
  • Carta sobre moradia: Lucas avisa que a carta está pronta e a lê. Decide-se publicá-la na página do Facebook do CAPB e mandá-la para diretoria do Campus, APG, Adunifesp, Sintunifesp, coordenação do curso e outros CA’S (Bellini ficará responsável por isso).
  • Financiamento mini EREM Foz do Iguaçu: 3 pessoas demonstraram interesse (Maísa, Luis, Fernanda). Foi proposto que o CAPB financiaria a inscrição (R$35,00) + R$500,00 de ajuda com a passagem (aprovado por consenso). Isso é apenas para esses 3 alunos, caso mais pessoas demonstrem interesse o financiamento será discutido novamente.
  • Financiamento COBREM 2018: Carol confirmará com as pessoas que manifestaram interesse se elas realmente irão. Elise cotou uma van de 15 lugares (R$3.700,00) e Rosângela fará outros orçamentos (inclusive quanto sairia passagens individuais). Iremos votar o financiamento quando tivermos o número de pessoas que irão. Carol ressalta que precisamos escolher os delegados (pessoas que votam pela Unifesp no evento) assim que soubermos quem vai – é preciso passar uma lista para as salas.
  • Recepção de calouros: as reuniões irão ocorrer às sextas-feiras às 7h na AAAPB. Bellini, Maísa, Rosângela e Fernanda têm interesse em participar, e essa questão será abordada na reunião da futura nova gestão também. Precisamos pensar em ideias – reformulação da semana de recepção, atividades que o CAPB pode fazer: continuar com a peça de teatro do Falconi ou não, trazer a médica da família e comunidade Júlia Rocha, realizar mini oficinas temáticas (ex: racismo, drogas, vegetarianismo…) simultaneamente à la EREM.

 

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 30/10 — 3 nov 2017

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 30/10

Reunião de despedida da turma 80

REPASSES
Moradia estudantil na reunião de imersão do PDInfra: Na última reunião, recrudesceu a resistência em relação à moradia. Surgiram várias propostas de encaminhamentos: abaixo-assinado, cartazes, nota do CAPB, post patrocinado no facebook.

ENCAMINHAMENTOS
Escrever nota (Lucas, Bruno, Maísa e Victor)
Fazer cartazes
Passar nas salas com abaixo-assinado

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 23/10 — 26 out 2017

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA 23/10

REPASSES
-Conselho Gestor HSP: gasta-se 660 mil reais por ano com ambulância (Empresa ValpaMed). Gasta-se 594 mil reais por mês com limpeza (antes era 950 mil/mês). Alunos são apenas ouvintes no Conselho Gestor.

-CR-DCE: presença de 2 pessoas da Ufscar, 1 da UFABC. Foi encaminhado um ato de 11 de novembro (sábado às 14h) da Vila Mariana até aqui, seguido de reunião. Escrever um manifesto conjunto.

ORDEM DO DIA
-Eleições do CAPB: aprovado o Edital da eleição para gestão 2018

EDITAL ELEIÇÃO GESTÃO 2018 — 23 out 2017