Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, publicada segunda-feira (22/mar), Albertoni fala sobre a expansão da Unifesp:

“O mais importante em uma Universidade é professor bom e alunos bem selecionados. Com isso pode dar aula até embaixo da árvore…”

Este é um pequeno exemplo de como os dirigentes da nossa Instituição entendem o processo de expansão de uma Universidade. Também é uma amostra de como pensam a função social da Universidade, do Ensino. Pra quem acha que a UNIFESP deva formar cada vez mais pessoas para o “mercado de trabalho”, talvez não seja problema mesmo ter aulas embaixo de uma árvore.

A reportagem completa você encontra aqui.

Anúncios