Os Hospitais Universitários do país estão sujeitos agora a uma nova forma de privatização: a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

Para ser implementada num HU, a EBSERH deve ser aprovada no Conselho Universitário de Universidade correspondente, um mínimo de democracia que nem sempre tem sido respeitado.

Algumas Universidades, como a UFPR, já conseguiram barrar a implantação desta empresa em seus HU’s, uma conquista importante na defesa do caráter público e da qualidade do serviço de saúde que prestamos à população.

Outras universidades, como a UFMS, conseguiram adiar a votação no Conselho Universitário para maior discussão e esclarecimento entre os votantes.

Um caso recente e bastante revoltante de autoritarismo e de atrelamento com os interesses privados aconteceu na UFAL, onde a votação no Conselho Universitários, que aconteceria durante o recesso das aulas, foi impedida por manifestação estudantil e, posteriormente atropelada pelo reitor da Universidade. Leia a nota de repúdio de entidades da UFAL a respeito do acontecido em: http://cpedenem2012.blogspot.com.br/2013/01/nota-de-repudio-adesao-do-reitor-da.html

Na Unifesp o assunto ainda não foi votado ou discutido no CONSU, algo que deve acontecer ainda no início deste ano e merece toda nossa atenção e criticidade.

Para entender um pouco mais sobre a EBSERH e quais as consequências que ela traria ao nosso Hospital, leia a cartilha que a DENEM (Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina), junto a outras 5 executivas de curso, preparou sobre o assunto e que está disponível em: http://denemsul2.blogspot.com.br/p/ebserh.html

Boa leitura e fique esperto sobre novas notícias que publicaremos sobre o assunto!

EBSERH HU

Anúncios