‘’O Sonho da igualdade só cresce no terreno do respeito pelas diferenças. ’’ Augusto Cury
São Paulo, 07 de setembro de 2013.
O Centro Acadêmico Pereira Barretto vem, por meio desta nota, demonstrar seu repúdio aos atos de homofobia que se decorreram durante os últimos dias em eventos sociais realizados paralelamente à competição poliesportiva Intermed-Taquaritinga. As festas servem como forma de integração e de financiamento do esporte entre os universitários.
Há diversos relatos de estranhamentos, mas em especial, na festa de quarta-feira (4 de setembro), organizada por acadêmicos, um aluno violentou física e verbalmente dois estudantes que se beijavam.
Acreditamos em uma sociedade igualitária, com a construção de um projeto de educação não heterossexista, não racista e laica. Sendo assim, não poderíamos compactuar, mesmo que com o nosso silêncio, com atos homofóbicos e desumanos. É inaceitável que estudantes, ditos do meio Universitário atuem de modo a perpetuar um pensamento retrógrado como este.

Gestão Aurora 2013
Centro Acadêmico Pereira Barretto

Anúncios