REPASSES:

– Reunião dos CAs 22/06 – Lucas:

  • Os outros CAs já pagaram suas partes na compra da caixa d’água utilizada na vinhada;
  • A ideia do “fumódromo” na sala rosa levantada em outras ocasiões não vingou – só uma pessoa a defendeu nessa reunião.

– Encontrão dos estudantes da Unifesp 25/06 – Bellini:

  • Reuniu representantes de 10 CAs dos campi da Unifesp (exceto Diadema) para discutir a articulação do DCE de modo informativo;
  • Houve a presença de uma pessoa que participou da gestão do DCE de 2010/2011, que contou da dificuldade histórica da organização do diretório, ex: poucas pessoas envolvidas;
  • Haverá um CR (conselho representativo) DCE no dia 06/08 às 9h que dará continuidade à discussão adicionando um caráter deliberativo. O voto é por centro acadêmico e o quórum é em torno de 10 CA’s.

ORDEM DO DIA:

– Financiamento para ECEM, COBEM E CENEPES

  • ECEM: evento da DENEM sobre cultura, ciência e política, além de ser espaço deliberativo. Será em BH no final de julho, gasto total em torno de R$500,00. Maísa tem interesse;
  • COBEM: evento da ABEM, voltado para debater educação médica. Será em Porto Alegre em outubro. Bellini tem interesse. Samara ressaltou a importância de discutir currículo médico em meio ao contexto de conscientização sobre saúde mental do estudante;
  • CENEPES: evento da DENEM sobre saúde, educação médica e política. Será em Olinda em setembro. Elise tem interesse;
  • Bellini propôs financiar 100% do ECEM (inicialmente único evento em discussão). Letícia lembrou que há outros espaços interessantes para o CAPB compor também, logo essa porcentagem deve ser repensada. Problema: não temos os dados de quantas pessoas querem ir em cada evento para fazer a conta;
  • Encaminhamento: sugestão do Yago – divulgar os 3 eventos nos grupos de sala e na página do CAPB a fim de verificar quantas pessoas estão interessadas nos financiamentos, e decidir valores na próxima RO.

– Vinhada

  • O balanço financeiro ainda não foi feito;
  • Yago disse que a festa foi ótima e todas as pessoas com quem conversou elogiaram;
  • Maísa e Débora comentaram que a organização estava melhor do que em 2016;
  • Ponto negativo: vômito nos sofás do CAPB. Bellini e Rosângela defendem não deixar mais o CAPB aberto durante festas, mas Maísa e Samara discordam. Samara propõe colocar uma capa no sofá. Encaminhamento: discutir o tópico no segundo semestre ou mais perto da próxima festa (estamos todos exaustos).

– Workshop

  • Lucas: o laboratório e o museu de anatomia estão confirmados (Aécio, como professor, deu a assinatura dele). O centro Alfa ainda não está confirmado, mas aparentemente está ok;
  • Carol: as inscrições começarão segunda-feira (03/07);
  • Vagas para alunos do CUJA: serão 50. Lucas defendeu que essas vagas tenham isenção completa, mas que sejam para alunos que não fizeram o Workshop antes. Bellini argumentou que o perfil do aluno do CUJA mudou e precisamos repensar a isenção completa.

– Eleições para conselhos em agosto

  • Em agosto haverá eleições para representantes discentes em diversos órgãos da Unifesp: Congregação, CONSU, etc. A lista completa e as datas ainda não foram divulgadas;
  • Atualmente, há aproximadamente 90 vagas para alunos nesses espaços e só 30 são ocupadas (15 do CSP);
  • Bellini ressaltou a importância de participar dos conselhos a fim de influenciar nas decisões e capilarizar a informação. Sugeriu fazer uma reunião no início do segundo semestre para explicar e divulgar as vagas disponíveis e para que o CAPB organize quem irá se candidatar;
  • Vítor Pereira disse que é preciso lembrar que, em certos conselhos, há professores mal intencionados que visam burocratizar reuniões e dificultar a participação mais ativa de alunos. Portanto, precisamos priorizar preencher vagas de determinados órgãos em detrimento de outros. Yago também acha importante fazer essa seleção.

– Como anda o contato com as outras entidades?

  • SINTUNIFESP: Maísa disse que só responde por email, o que torna a comunicação lenta;
  • AMEREPAM: Na última reunião, não foi atingido o quórum de 1 residente (comunicação está difícil).

– Reforma curricular

  • As mudanças na matriz curricular (envolvendo, por exemplo, deslocar disciplinas de um ano para o outro) valerão para ingressos a partir de 2018, mas ainda precisam passar pela aprovação dos conselhos. Para alunos atuais da Unifesp, o novo currículo não valerá, mas haverá outros tipos de modificações (ex: tempo de aula);
  • Bellini ressaltou a importância de participar e discutir essas mudanças, comentando que a comissão dessa vez contou com 10 alunos, que é mais do que o normal;
  • Yago concordou, enfatizando que as opiniões dos alunos são levadas em conta. Ele deu o exemplo de sua sugestão que foi atendida na época: alternar farmacologia e psicobio, em vez de tê-las em blocos separados.
  • Gabriela (85) disse que não sabia da existência desse tipo de comissão e que a maioria da 85 também não sabe. Encaminhamento: adicionar essas pessoas interessadas no grupo do CAPB para conversar mais a respeito.

– Cortes da PRAE

  • Lucas explicou que o orçamento da PRAE para bolsas (PAPE) e para o RU acabará em agosto, caso não seja injetada verba de algum outro lugar. Logo, precisamos nos preparar para possíveis mudanças e discutir como vamos nos posicionar enquanto estudantes e CAPB. A PRAE ainda não divulgou essa informação para o público em geral, apenas na reunião do CAE; no entanto, eles pretendem fazer uma audiência para informar os alunos. Lucas pediu os slides com valores numéricos apresentados na reunião, mas ainda não mandaram;
  • Luis ressaltou que essa desinformação para os alunos é preocupante, pois para quem depende desses auxílios seria bom já ir pensando no que fazer no caso de perda dos benefícios. Ele defendeu pedir uma auditoria com a reitora;
  • Vanessa disse que é preciso ponderarmos: um aumento no preço do RU afeta mais pessoas, mas a bolsa é mais crítica para as pessoas que beneficia;
  • Maísa destacou também que há pessoas “no limbo” de não receber bolsa, mas para as quais o RU é crítico de um modo análogo;
  • Discutiu-se um pouco sobre a qualidade atual do RU também. Lucas e Elise enfatizaram a necessidade de mandar emails com reclamações, pois apesar de ser um modo de comunicação anacrônico, etc, é um documento e é o tipo de reclamação aceito na comissão do RU;
  • Vítor Pereira comentou que, em se concretizando esse futuro sombrio, podemos pensar em alternativas como ocupar e morar no DCE;
  • Lucas, Vanessa e Bellini argumentaram que os cortes ocorrerão com ou sem a participação dos estudantes e que, portanto, seria melhor que eles ocorressem levando em conta nossas opiniões;
  • Maísa e Marina defendem que não podemos fazer esse tipo de concessão, devemos assumir uma posição contrária aos cortes de modo iredutível;
  • Encaminhamentos: haverá uma divulgação da atual situação para os alunos sem muitos detalhes (Luis irá falar na 85 hoje 28/06 mesmo), Maísa e Bellini falarão com os outros campi sobre o assunto (no grupo do DCE e no CR DCE de agosto) a fim de discutir possível articulação conjunta, Lucas marcará reunião na pró-reitoria para próxima semana a fim de dar mais detalhes da situação (a reunião será para poucas pessoas) para que possamos discutir o tópico de modo mais concreto e objetivo posteriormente.

– Reunião da gestão

  • Será decidido se haverá uma reunião antes da férias (e a possível data) no grupo da gestão.
Anúncios