É uma comissão de acompanhamento da Biblioteca Campus São Paulo. Seus representantes são TAEs da biblioteca, coordenação da biblioteca, câmara de graduação, discentes, câmaras de extensão e pós graduandos.

Suas funções são : ser elo entre a biblioteca e a comunidade acadêmica das duas escolas, auxiliar a coordenação da biblioteca na tomada de decisões em relação à comunidade acadêmica. Além disso, discutir a respeito do acervo da biblioteca (principalmente, da antiga BIREME), possuindo influência sobre a administração. No período de reforma, discute-se também como manejar os alunos e o acervo visando tornar o processo o menos inconveniente e prejudicial possível para o estudo.


As deliberações estão à nível campus São Paulo, haja vista que a biblioteca é frequentada por todo o campus (todos os cursos da EPM e EPE). Algumas deliberações podem ser levadas à Câmara de Graduação e à administração da biblioteca.


A representação discente nessa comissão pode ser realizada por estudantes de qualquer curso do campus São Paulo, independentemente do ano. A vaga pode ser ocupada por meio de indicação dos centros acadêmicos acerca dos alunos interessados nas vagas. Os representantes discentes devem comparecer às reuniões sempre que convocadas, normalmente, duas vezes por semestre. Os representantes discentes possuem direito de voz e voto. Podem apresentar propostas e levar à comissão reivindicações dos seus representados. A duração de representação é a mesma para todos os membros, que é de dois anos, sendo prorrogável por mais dois.


Exemplo de deliberação : foi deliberado que parte do acervo físico da BIREME que possuía correspondente digital pertencente à UNIFESP seria descartada/doada durante a desocupação do prédio.