É uma subcomissão vinculada à CCM (Comissão do Curso Médico). Possui como objetivos : organizar e estimular a mobilidade acadêmica dentro da EPM, tanto enviando alunos da unifesp quanto recebendo alunos estrangeiros. A competência desses assuntos é à nível de curso (medicina); logo, suas deliberações apenas são levadas para outras instâncias, por exemplo, a CCM, caso afetem-nas. Assim, muitas decisões aprovadas na comissão são levadas para aprovação na CCM.


A comissão de mobilidade é importante, pois ajuda a fortalecer e legitimar os intercâmbios, também dá suporte aos intercambistas e promove o recebimentos de pontos de internacionalização para a EPM.


A representação discente nessa comissão é restrita aos estudantes de medicina. Nessa comissão, o ideal seriam 3 representantes discentes : um estudante de qualquer turma, um representante da CLEV Unifesp e um representante da IFMSA Brasil Unifesp. Porém, pode haver um representante, desde que faça uma ponte com as instituições estudantis que ofertam intercâmbios. A vaga pode ser ocupada por meio de indicação do CAPB acerca do aluno interessado.


Os representantes discentes devem comparecer às reuniões mensais, sempre de quinta no período da manhã. Além disso, precisam colaborar com a organização do fluxo de alunos, auxiliar na recepção dos alunos estrangeiros (dando apoio no que estiver ao alcance) e reportar os intercâmbios da CLEV e IFMSA para a comissão.

Os representantes discentes possuem direito de voz e voto. É uma comissão horizontal. Além disso, a duração desse cargo por aluno é de 2 anos.